terça-feira, 10 de julho de 2012

Inácio Garapa, Um Matuto Sonhador 2, o retorno

 (Divulgação/DN/D.A.Press)

Longa do potiguar, sucesso de público por onde passa, terá exibição em Natal



Publicação: 10/07/2012 10:20 Atualização:

De Sérgio Vilar para o Diário de Natal


A produção audiovisual potiguar ainda engatinha. Mas há quem realize com poucos recursos, pouca tradição e muito Glauber Rocha na cabeça. Foi no rastro dos ensinamentos do ícone-mor do Cinema Novo que o cineasta J. Gomes, "com uma câmera na mão e uma ideia na cabeça," produziu o filme Inácio Garapa, Um Matuto Sonhador. O sucesso no circuito independente do Brasil garantiu à Barriguda Filmes - empresa de produção cinematográfica criada por J. Gomes - o lançamento do novo filme da série: Inácio Garapa, Um Matuto Sonhador 2, O Retorno. O longa, filmado em Alexandria, cidade do Alto Oeste potiguar, será exibido nesta quinta-feira, às 20h, no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel, anexo à Fundação José Augusto. O ingresso custa R$ 15 e dá direito ao DVD do filme.


A promotora de justiça Érica Canuto Veras assistiu a pré-estreia e descreveu sobre o filme: "Fiquei muito impressionada com o enredo, que prendeu a todos do início ao fim. Tudo foi tratado com muito profissionalismo por J. Gomes. A trilha sonora, a escolha das paisagens, a fotografia, o enredo, os objetos e figurinos utilizados e o toque de realidade, com pessoas conhecidas e lugares reais. Parabéns mais uma vez pela coragem e obstinação e por ter criado um personagem que certamente se transformará em um ícone, como Jeca Tatu de Monteiro Lobato e Zé Grilo de Ariano Suassuna. Recomendo o filme para assistir em família (classificação livre) e presentear amigos e parentes".


Elenco


Além de produzir e editar o filme com poucos recursos, J. Gomes apostou na escolha do elenco formado por pessoas simples, do povo. "Apostei em um enredo rico em humor e em personagens que se identificam com o povão. Já era uma boa receita. Formar o elenco com pessoas com pouca experiência foi uma forma de valorizar a cultura regional, tão carente, e dar oportunidade e formar talentos desconhecidos", disse J. Gomes. Com mais experiência no ramo cinematográfico, o jornalista que se notabilizou pelo trabalho de repórter no programa Aqui e Agora traz um trabalho mais completo, com mais recursos e o mesmo elenco do primeiro filme, além de novos personagens que se incorporam à nova saga. Entre eles o cantor e compositor Romildo Soares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário